top of page

MANIFESTO

in loco / in loko /  expressão em latim, que significa "no lugar" ou "no próprio local" 

"Estou à procura do meu espaço, um lugar de conexão. Quero me conectar com as pessoas, mas sem receios; quero me sentir segura e acolhida. Não quero ter a sensação de ser "apenas" mais uma... Eu quero que recaia sobre mim um olhar de reconhecimento. Sim, ela está ali. Quero tranquilidade, quero me transportar para algo que seja completamente diferente do que existe lá fora. Eu quero outra época, um novo contexto. Quero estar presente para trocar experiências e conhecimentos; quero criar laços. Quero estar em um ambiente que me proporcione isso. Eu quero realmente ver pessoas. Eu quero me inspirar, quero ver exemplos, quero ser um exemplo. Eu quero ser o meio. Eu quero ser a facilitadora dessas conexões."

E foi com esse sentimento que surgiu a vontade do InLoco, projeto que criei e que traz aquilo em que realmente acredito: compartilhar, trocar e me conectar com as pessoas. Acredito que cada momento é único. Acredito que cada experiência é como uma impressão digital, não se repete.

E a maneira como as vivenciamos depende exclusivamente de nós. Nós somos os responsáveis por conduzir nossos momentos, e somos nós os responsáveis por nos permitir sair do casulo e viver algo fora da nossa zona de conforto.

 

Precisamos aprender a nos oportunizar viver, conhecer, experimentar. Sem medos.

 

E a razão do InLoco existir é justamente essa: servir como espaço condutor desses encontros, cujas diferentes experiências te guiam a viver o momento sob uma nova ótica. Desligando-se um pouco do online para se voltar ao seu redor e apreciar os detalhes, os aprendizados e as pessoas. Ser um momento de respiro em que resgatamos o prazer de nos conectarmos.

Afinal, a vida se resume às pessoas que conhecemos e às coisas que compartilhamos e criamos com elas. São essas conexões que nos moldam, são essas as conexões que nos transformam e nos inspiram.

bottom of page